quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Culpa tua

Se te gosto a culpa é sua, és um xodó da minha alma. A culpa é tua por me encantar, por entrar em minha alma forte e singela desta forma que so tu podes ser. A culpa é sua por teu veneno percorrer todas as minhas veias e me deixar a ponto de morrer se não me destes o antidoto de tua boca na minha. Nem que seja a ultima de minhas paisagens os teus olhos sempre claros sobre os meus, me deixo ser tragado pelo escuro da solidão eterna que me espera sem tua pele branca e teus olhos claros, sem tua boca rosa na minha para me fazer respirar a cada suspiro que me tiras. A culpa é tua que me encolho em solidão perpétua por não ter em meus braços o balançar suave de teu corpo no meu em um balé russo perfeito como deve ser. A culpa é tua que me afogo em paixão banhado do verde de teus olhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário